22 de novembro de 2012

Reflexões em Tiago - Vigilância no falar

Pastor Sérgio Fernandes

Tiago 3:6 - A língua também é um fogo; como mundo de iniquidade a língua está posta entre os nossos membros, e contamina todo o corpo, e inflama o curso da natureza, e é inflamada pelo inferno. 


Quando Tiago menciona os males da língua, entre os versículos 6-8, ele faz afirmações interessantes: (1) ela afirma que a língua é fogo; (2) que ela é um mundo de maldade; (3) ela é indomável. Essa fala de Tiago é muito importante para nos ensinar a dominar a língua e utilizá-la para glória de Jesus Cristo.

A língua é fogo, que pode ao mesmo tempo aquecer e queimar. Devemos usara língua para edificar, exortar e consolar. Esses usos são legítimos. Mas quando há abuso de nossa parte, a língua pode queimar, ferindo a honra de nosso semelhante. Ela também é um mundo de maldade, isto é, não devemos jamais falar sem pensarmos e refletirmos sobre as consequências do que iremos dizer. Por fim, a língua é indomável. Nem mesmo o mais consagrado dos homens está livre de pecar com seus lábios, por isso, devemos orar e vigiar.

Ser capaz de dominar a língua é uma prova concreta de maturidade.